POR QUE CONHECER ARRAIAL D'AJUDA?

POR QUE CONHECER ARRAIAL D'AJUDA?

POR QUE CONHECER ARRAIAL D'AJUDA?

Sabe por que você deve visitar Arraial d'Ajuda? Paulistas, israelenses, cariocas, holandeses... no sobe-e-desce da rua do Mucugê, seja na volta da praia ou no rolé noturno, a mistura de povos e origens dá o tom em Arraial d´Ajuda. Com tanta gente diferente, a vila reuniu com charme as influências dos quatro cantos do mundo.

ONDE IR?

Praias desertas, bares, barracas de praias e pousadas charmosas são os grandes destaques desse lugar incrível. Visitar Arraial d’Ajuda é ter a possibilidade de fugir do intenso frio das regiões sul e sudeste e tomar um solzinho constante e gostoso. O Morocha, por exemplo, é um bar disco de Arraial que tem programação diferente toda noite. O lugar fica cheio até altas horas e atraindo principalmente, estrangeiros. Na maior parte dos dias ouve-se rock e, dependendo da programação, há apresentação de alguma banda. Já a Mucugê é a rua mais charmosa de Arraial. À noite, todo mundo passa por lá, já que ela concentra os bares e restaurantes mais interessantes. É um bom lugar para ver vitrines e fazer comprinhas também. O Beco das Cores é outro lugar interessante. Com várias lojinhas e bares, o lugar tem música ao vivo nos finais de semana. A Ilha dos Aquários é a pedida da sexta-feira. Ela fica numa ilha entre Arraial e Porto Seguro, com vários ambientes e bares que tocam diferentes tipos de música. Lá dentro, além de shows, há DJ`s, restaurante e bares – tudo varia de acordo com a programação do dia. Por fim, andando para o lado direito da praia do Mucugê, você chegará a uma região hoje conhecida como Parracho, devido à barraca de mesmo nome que fica ali. Durante o verão, o Carnaval e o Réveillon, há shows na barraca. A praia é parecida com a da Mucugê, com águas azuis e areia clara. Por fim, após um passeio de escuna de 45 minutos, chega-se ao Parque Marinho de Recife de Fora, terceiro maior centro de biodiversidade marinha no Brasil.

ONDE COMER?

Arraial d`Ajuda tem muitos lugares bons para comer, o que deixa a desejar são os preços, já que alguns deles pegam pesado nos valores. Confira na frente dos restaurantes o cardápio; assim você pode ter noção do que eles servem e dos preços. Vale lembrar que, apesar de a maior concentração de restaurantes ficar na Mucugê, muitos deles só começam a funcionar no fim da tarde. Grande parte das pessoas almoça ou petisca na praia e, à noite, vai jantar em um restaurante mais legal. Se não quiser almoçar na praia, o ideal é ir até o centrinho de Arraial. Para comer num lugar que é referência na região, não deixe de ir ao Restaurante do Paulinho Pescador, um dos mais tradicionais. Os pratos são servidos de uma maneira diferente, são muito saborosos e o atendimento é ótimo! Não dá para sair de Arraial sem conhecer essa figura. Na hora de se refrescar, a opção mais famosa é a Sorveteria Coelhinho. Os sabores dos sorvetes mudam todos os dias e eles são uma delícia.

ONDE FICAR?

Antes de mais nada, é preciso se programar onde ficar nesse belíssimo cartão-postal do Brasil. São duas possibilidades para você ficar em Arraial d’Ajuda: na Vila, incluindo a Rua do Mucugê; ou na praia: a praia central é a do Mucugê. Ao norte, no sentido da balsa para Porto Seguro, ficam as praias de Araçaípe e Apaga Fogo. Ao sul, no sentido de Trancoso, estão as praias do Parracho e Pitinga.